A Turma da Super EE em: aumenta ou diminui - IEI - International Energy Initiative - Brasil
29415
post-template-default,single,single-post,postid-29415,single-format-standard,bridge-core-2.5.4,cookies-not-set,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-23.9,qode-theme-bridge,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.4.1,vc_responsive

A Turma da Super EE em: aumenta ou diminui

A Turma da Super EE em: aumenta ou diminui

Tempo para leitura: < 1 minuto

A nova tirinha da Turma da nossa heroína Super Eficiência Energética (Super EE) traz uma situação muito comum no ambiente de trabalho: a briga pela temperatura do ar-condicionado. Enquanto uns chegam esbaforidos da rua e pedem para diminuir a temperatura do ar, outros friorentos tentam aumentar a temperatura e, quando não têm sucesso, apelam para o uso do agasalho. Quem sofre no meio dessa briga é o nosso amigo ar-condicionado, que tem que fazer mais esforço para se adaptar às diferentes temperaturas.

As dicas para resolver esse impasse vêm da campanha “Se Liga na Conta do Ar-condicionado” desenvolvida pela Rede Kigali, da qual o IEI Brasil faz parte:

– Opte por um aparelho de ar-condicionado inverter e com a etiqueta A do Inmetro, que consome menos energia.

– Mantenha a temperatura do ar-condicionado em 23°C, que é suficiente para refrescar o ambiente sem gastar muita energia.

– Em tempos de pandemia, certifique-se de que o ar-condicionado do seu local de trabalho tem um sistema de renovação do ar. Se não tiver, o melhor mesmo é deixar portas e janelas abertas e ele funcionando em modo de ventilação para evitar o aumento do risco de contágio com o coronavírus.

Leia mais no site da campanha: seliganacontadoarcondicionado.com.

Seguir essas dicas e ler nossa tirinha pode ajudar você e seus colegas de trabalho (e nossos amigos ares-condicionados) a refrescar a cabeça, literalmente.

Leia aqui as tirinhas anteriores da Super EE.

No Comments

Post A Comment