Série especial de tirinhas Kigali: tem "gente" nova por aí observando a Black Friday - IEI - International Energy Initiative - Brasil
20183
post-template-default,single,single-post,postid-20183,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-13.5,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.5,vc_responsive

Série especial de tirinhas Kigali: tem “gente” nova por aí observando a Black Friday

Série especial de tirinhas Kigali: tem “gente” nova por aí observando a Black Friday

Tempo para leitura: 1 minuto

A Black Friday começa daqui a pouco e tem gente que pode sair perdendo (inclusive o planeta). Isso porque é o momento que muitos fabricantes e varejistas aproveitam para “desovar” produtos que consomem muita energia e passam longe da eficiência energética. Apesar dos preços baixos, é preciso prestar atenção para não fazer um mau negócio que vai ser prejudicial ao bolso e ao meio ambiente.

Isso vale, principalmente, para os ares-condicionados. Eles podem causar tantos danos ao meio ambiente que são o alvo da Emenda de Kigali, do Protocolo de Montreal. Os principais objetivos dessa Emenda são substituir gases refrigerantes que possuem elevado potencial de aquecimento global dos ares-condicionados e ao mesmo tempo aumentar a eficiência energética desses aparelhos. Para pensar sobre o impacto do ar-condicionado na nossa vida e no planeta, o IEI Brasil, com o apoio do Instituto Clima e Sociedade (iCS), inicia a série especial de tirinhas Kigali.

Na primeira delas o tema é justamente esse alvoroço da Black Friday – sendo observado por alguém muuuuito especial, de outra dimensão temporal, e que ainda vai aprontar altas confusões (aguarde!):