Site Procel Info: Portal torna públicos dados sobre eficiência energética - IEI - International Energy Initiative - Brasil
17372
post-template-default,single,single-post,postid-17372,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-13.5,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.5,vc_responsive

Site Procel Info: Portal torna públicos dados sobre eficiência energética

Site Procel Info: Portal torna públicos dados sobre eficiência energética

Tempo para leitura: 2 minutos

Texto publicado no site Procel Info no dia 05 de dezembro de 2018. Confira o texto completo aqui.

São Paulo – Um grupo de pesquisadores da Unicamp, em conjunto com outras universidades, ONGs e empresas, está envolvido na construção de um Portal Brasileiro de Indicadores de Eficiência Energética (PBIEE). O endereço tornará disponível, para toda a sociedade, seja consumidor, concessionárias de energia, indústria e/ou governo, informações sobre os meios eficazes e projetos mais aderentes que estão sendo implantados, finalizados ou em andamento no Brasil sobre Eficiência Energética (EE).

A ideia do portal é reunir, em um só lugar, informações sobre programas e projetos de Eficiência Energética, como Procel, os programas mandatórios das distribuidoras regulados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), etiquetagem e outros, para acompanhar os progressos na área de eficiência energética no país. O objetivo é produzir indicadores e análises de eficiência energética a partir de uma base de dados, de forma que o Portal se torne uma referência nacional no tema, uma vez que ainda não existe nada similar que permita monitorar os instrumentos de política pública existentes.

De acordo com Gilberto De Martino Jannuzzi, coordenador do projeto e professor da Faculdade de Engenharia Mecânica (FEM) da Unicamp, esse tipo de informação é de grande importância para o consumidor porque, para além de fiscalizar o setor, ele pode avaliar o seu gasto com determinados equipamentos, mensurar a eficiência desses aparelhos e qual o seu impacto na economia do país, além de conhecer quais os melhores programas e projetos que estão sendo desenvolvidos no Brasil na área de EE. “O consumidor poderá também comparar o número de empregos gerados com EE e outros tipos de energia, saber se os programas da concessionária da sua região estão trazendo resultados positivos e quais são as barreiras existentes na implementação de determinado projeto. É uma forma simples e mais objetiva de prestar contas ao consumidor sobre como o seu dinheiro está sendo investido e o quanto a EE impacta no seu bolso”, revela Jannuzzi.

 

Confira o texto completo aqui.