Mecanismos de Financiamento para a Eficiência Energética no Brasil: o que pode ser melhorado? - IEI - International Energy Initiative - Brasil
15712
post-template-default,single,single-post,postid-15712,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-13.5,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.5,vc_responsive

Mecanismos de Financiamento para a Eficiência Energética no Brasil: o que pode ser melhorado?

sky-1392241_1920

Já está disponível o relatório “O financiamento da Eficiência Energética”, produzido com base nas contribuições e discussões ocorridas na Oficina “Mecanismos de Financiamento para a Eficiência Energética no Brasil”, promovida pelo Instituto Clima e Sociedade (iCS) e pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE).

O texto de consolidação foi escrito pelo diretor executivo da IEI Brasil, Gilberto Jannuzzi, com a colaboração dos técnicos da EPE Flávio de Almeida, Patrícia Messer, Gustavo Naciff de Andrade, Nathalia Moraes e Ana Maia. O evento foi realizado no dia 31 de março de 2017. O documento busca refletir sobre o financiamento de ações em eficiência energética e traz os seguintes questionamentos: “Quais são os instrumentos financeiros existentes? Como podem ser melhorados? O que falta para que o mercado financeiro apoie projetos de EE em maior escala? ”

O relatório aponta a necessidade de incentivo a linhas específicas de financiamento de eficiência energética. Esse é um dos aspectos necessários para que a expansão da eficiência energética e da geração distribuída renovável tragam benefícios para os consumidores. Sobre este assunto, a IEI Brasil publicou recentemente o texto de discussão “Geração Distribuída, Eficiência Energética e o Consumidor Final: propostas para a realidade brasileira”.

Acompanhe nossas atualizações nas redes sociais: 

No Comments

Post A Comment